sexta-feira, 15 de abril de 2016

Cornelius Agrippa



    Heinrich Cornelius Agrippa von Nettesheim  (1486-1535) foi um alquimista alemão, astrólogo, ocultista e escritor filósofo, filósofo e alquimista alemão. Tornou-se doutor em Leis e Física. Escreveu o livro ‘Filosofia das Artes Ocultas’, o qual o pôs na mira da Santa Inquisição por tratar de magia e ciências ocultas. Correu todos os riscos de ser um dos primeiros defensores dos direitos das mulheres, tendo-se manifestado contra o frenesi da caça às bruxas, em uma época em que tal posicionamento era considerado heresia. Foi em Metz, França, no ano de 1519 que atuou como uma espécie de advogado de defesa de uma mulher acusada de feitiçaria pelo inquisidor local. Agrippa venceu a causa e ganhou fama. Em 1520, na cidade de Genebra, passa a atuar como curador, através de ervas e poções elaboradas por ele mesmo. Seus escritos foram traduzidos para muitos idiomas e reverenciados por muito tempo após sua morte.
   Afirmou que "o arquiteto do universo deixa o poder de sua onipotência fluir através do mineral, das plantas, dos animais e, daí, para o homem."
   Contribuição de Agrippa: o reconhecimeto da existência de um poder presente na natureza que flui e pode ser utilizado pelos homens.


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...