segunda-feira, 9 de maio de 2016

Entrevistas de Chico

  " A terra e o semeador' é um livro de entrevistas prestadas de 1958 a 1975 por Francisco
Cândido Xavier foram prestadas de 1958 a 1975, as quais, segundo o médium afirma, são de autoria devida ao amigo espiritual Emmanuel.
   À página 7, registra-se a entrevista comandada por Hebe Camargo, então em seu programa na TV Record, a 17 de setembro de 1973.
HEBE CAMARGO - Chico, quando é que você experimentou, pela primeira vez, contato com o mundo espiritual?
CHICO XAVIER - Acho, às vezes, que uma resposta demanda demora e eu peço perdão se devo me estender, por alguns minutos, a esse respeito. O assunto pede que minha memória regresse no tempo. Eu tinha quatro anos de idade, quando voltei da cidade de Matozinhos, perto de Pedro Leopoldo, onde nasci, em companhia de meus pais e de meus irmãos.
Meus pais haviam assistido às cerimônias religiosas que naquele tempo eram consideradas de praxe para todas as famílias católicas. Havíamos caminhado onze quilômetros.
   Chegamos em casa, numa noite bastante fria, com chuva. Meus irmãos se dirigiram logo para o descanso no sono. Minha mãe, naturalmente preocupada com problemas de saúde, trocou-me a roupa e, como eu estava fatigado, levou-me à cozinha, onde fora fazer um café para o meu pai.
Enquanto esperava o café que se fazia, meu pai começou a falar a respeito de um problema de aborto que havia ocorrido com uma de nossas vizinhas.
Uma criança havia nascido fora de tempo e meu pai, que não havia atingido a verdade toda sobre o assunto, discutia com minha mãe a respeito. Nesse instante, eu ouvi uma voz e então transmiti para meu pai: – “O senhor naturalmente não está muito bem informado com respeito ao caso. O que houve foi um problema de negação inadequada do ovo, de modo que a criança adquiriu posição ectópica.”
   Meu pai arregalou os olhos e disse para a minha mãe:
– “O que é isso, Maria, esse menino não é o nosso. Trocaram essa criança na igreja,
enquanto nós estávamos na confissão”; e me perguntou o que vinha a ser nidação, o que vinha a ser ectópico, o que vinha a ser implantação. Eu não sabia explicar coisa nenhuma porque, falei o que uma voz me dissera. Ele me olhou com muita desconfiança, e minha mãe comentou:
– “Não, João, este menino é o nosso mesmo!"
– “Este menino não é o nosso. Até a roupa dele está mudada!” Então, minha mãe explicou:
– “Eu mudei a roupa da criança agora, por causa do frio.”
   Meu pai ficou naquela dúvida e as vozes começaram a trabalhar.
HEBE CAMARGO – Quantos anos tinha você, Chico?
CHICO XAVIER – Quatro anos de idade, eu me recordo perfeitamente.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...