segunda-feira, 6 de março de 2017

O menino caridoso




  Um menino de 5 anos de idade surpreendeu os clientes de um restaurante na cidade do Alabama, nos Estados Unidos, em maio de 2015. Ele e sua mãe estavam jantando, mas como todo garoto dessa idade, Josiah Duncan faz perguntas o tempo todo.
"Vimos um homem que estava sujo segurando uma mochila com sua bicicleta do lado de fora", contou Ava Faulk, a mãe do menino.
  A aparência desleixada e descabelada daquele homem instigou a curiosidade de Josiah. O menino, dentro da loja, começou a bombardear sua mãe com perguntas. Recebeu de sua mãe Ava Faulk, pela primeira vez em sua vida, a seguinte informação:
- Ele é um morador de rua.
= O que é um morador de rua?
- É alguém que não tem casa.
= Onde está a família dele? Onde ele guarda a comida que ele compra?
- Ele não tem comida, meu filho.


Não demorou para o garoto perceber o que nem todos percebem – aquele homem precisava de ajuda. Implorou para que sua mãe comprasse uma comida para ele. Quando sua mãe concordou, Josiah foi até a janela e chamou o homem sem-teto, que, faminto, não pensou duas vezes para se aproximar e entrar.
  Ava disse ao homem que iria lhe pagar o lanche que ele quisesse pedir. O homem então sentou-se mas ninguém veio atendê-lo. Novamente Josiah entrou em ação: pegou o cardápio e disse para o homem escolher. O sem-teto escolhe um hambúrguer e perguntou se podia colocar bacon extra. Assim que o lanche chegou, Josiah deu mais um exemplo de pureza e conduta cristã: disse que antes do homem comer, queria rezar com ele.

  Emocionando todos os onze clientes, o menino cantou: "

- Damos graças Deus nosso Pai, Deus nosso Pai, nós te agradecemos. Agradecemos a você pelas nossas muitas bênçãos, pelas nossas muitas bênçãos, amém.

“O homem chorou, eu chorei e todos que ali estavam choraram”, disse a mãe de Josiah.






Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...