sexta-feira, 6 de maio de 2016

Pesquisar por si mesmo



   Em todas as obras fundamentais do Espiritismo encontraremos o chamamento para o dever dos estudos sérios e das pesquisas. Na Revista Espírita, mensário que Allan Kardec editou de janeiro de 1858 a março de 1869, revigora-se a ideia de que os espíritas encarnados tem uma tarefa específica a cumprir:

“Os Espíritos não vêm libertar o homem do trabalho, do estudo e das pesquisas; não lhe trazem nenhuma ciência achada; naquilo que pode achar por si mesmo, eles o deixam às suas próprias forças.” (Allan Kardec, Revista Espírita, abril de 1866)
           
   No que diz respeito ao avanço dos entendimentos sobre a mediunidade, Allan Kardec a relaciona ao nascimento da ciência espírita:

“A mediunidade é o meio direto de observação ~ que se nos permita esta comparação - é o instrumento de laboratório pelo qual a ação do mundo invisível se traduz de maneira patente; e, pela facilidade que nos dá de repetir as experiências, nos permite estudar o modo e as nuanças dessa ação; foi do estudo e das observações que nasceu a ciência espírita.”  (Revista Espírita janeiro de 1863)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...