quinta-feira, 14 de setembro de 2017

O princípio esquecido

  Princípios fundamentais da doutrina espírita reconhecidos como verdades definitivas está inserido no livro 'Obras Póstumas de Allan Kardec', sem o corpo do texto, vez que, encontrado entre os muitos rascunhos de Kardec, só lhe constava o título.
Todos aqueles que se abalançaram a estabelecer a lista dos princípios do Espiritismo têm intentado uma tarefa que o próprio codificador não teve oportunidade de concluir.
   Há ocasiões em que Kardec faz menção desses princípios em suas obras fundamentais. 
   Um destes princípios não se vê comumente relacionado nas listas dos estudiosos - aquele que consta na Introdução de O Livro dos Espíritos, item 16:
  "Não é lícito negar-se e isso constitui mesmo um princípio da Doutrina, a influência que os assistentes exercem sobre a natureza das manifestações."
   Em uma época em que era habitual admitir-se a presença de curiosos e novatos às sessões mediúnicas, Kardec estabeleceu importância capital para o móvel dos pensamentos e sentimentos dos assistentes, mencionando-o como princípio de interferência.
   O reconhecimento deste princípio esquecido pode sugerir o estudo de variadas ocorrências das sessões do passe e das reuniões mediúnicas em geral, nas quais as iniciativas de sentimento, pensamento e ação dos participantes têm interferido de modo talvez insuspeitado.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...