domingo, 3 de setembro de 2017

Princípios da ciência espírita

   Após ter publicado em 1858 o livro Instruções Práticas sobre as Manifestações Espíritas, Allan Kardec lança em janeiro de 1861 O Livro dos Médiuns, tratando do mesmo tema de modo revisado e ampliado.

O primeiro parágrafo da Introdução de O Livro dos Médiuns

   "Todos os dias a experiência nos traz a confirmação de que as dificuldades e os desenganos, com que muitos topam na prática do Espiritismo, se originam da ignorância dos princípios desta ciência e feliz nos sentimos de haver podido comprovar que o nosso trabalho, feito com o objetivo de precaver os adeptos contra os escolhos de um noviciado, produziu frutos e que à leitura desta obra devem muitos o terem logrado evitá-los."

   Relativamente aos fenômenos de interesse da ciência espírita, Allan Kardec estabelecerá em item posterior, os seguintes princípios:
   "Resumimos nas proposições seguintes o que havemos expendido: 1º Todos os fenômenos espíritas têm por princípio a existência da alma, sua sobrevivência ao corpo e suas manifestações." (O Livro dos Médiuns, item 14)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...