domingo, 15 de abril de 2018

O surgimento da palavra médium

     A palavra medium está incluída no idioma inglês desde o século XVI, conforme se pode ler no link
https://en.oxforddictionaries.com/definition/medium
     Seu significado original no idioma inglês é 'meio', denotando algo intermediário em natureza ou grau. A nova acepção da palavra inglesa medium que irá designar as pessoas intermediárias dos espíritos surgiu dentro do movimento do Espiritualismo Norte-americano.
   O livro 'Mysteries or Glimpses of the Supernatural', escrito por Charles Wyllys Elliott em 1852 nos Estados Unidos, registra a entrevista levada a efeito pelo autor com a Sra. Margaret Rutan Smith Fox em 1º de maio de 1851. A Sra. Fox afirma que deixou a casa alugada em Hydesville e passou a residir com amigos e que, surpreendentemente, onde suas filhas estivessem morando, lá surgiam os ruídos misteriosos. É nesta entrevista que a Sra. Fox novamente menciona a idade de suas filhas: Maggie tinha 15 anos e Katie tinha 12 anos quando, em 31 de março de 1848 deu-se a longa conversação mantida pela Sra. Fox com o espírito batedor.
      Lendo a transcrição desta entrevista no livro de Elliott verificamos a menção à palavra médium para designar a presença obrigatória de determinada pessoa propiciadora da ocorrência dos fenômenos espirituais:  a nora da Sra. Fox, casada com seu filho David, foi por um tempo médium, mas depois esse dom desapareceu. Charles Wyllys Elliott assim se expressa: "médium, ou seja, a denominação que agora tem sido utilizada".
    Encontraremos ainda, um registro mais antigo, em documento assinado na data de 1849,  constante do livro de Capron e Willets:
     "De modo que a questão ainda não está resolvida e apesar de qualificar-se como um fenômeno
notável, quer venha a desaparecer junto com a atual geração, ainda mesmo quando já se compreende a existência das pessoas que são os meios deste extraordinário fenômeno; ou quer venha a dar-se o início de uma nova era de intercâmbio espiritual em todo o mundo, eis aí algo merecedor da atenção das pessoas aproximadas da candura e da filosofia." Assinado: E.W.Capron e George Willets em 8 de dezembro de 1849 (D. M. Dewey, History of the Strange Sounds or Rappings herad in Rochester and Western New-York, Arcade Hall, Rochester, 1850, p. 26)
     Para que não reste dúvida de que o emprego da palavra médium no texto acima citado está a significar 'meio de transmissão', aditamos aqui o texto original encontrado na página 26 referida acima:
     "Thus the matter stands at present, and whether it is a remarkable phenomenon which will pass away with the present generation, or with the persons who seem now to be the medium of this extraordinary communication; or whether it be the commencement of a new era of spiritual influx into the world; it is something worthy of the attention of men of candor and philosophy".
     Talvez tenhamos surpreendido nesse texto de 1849, o início do surgimento de uma nova acepção para a palavra inglesa 'medium', embora tenha sido utilizada ainda como 'meio'. O seu uso frequente terá firmado a nova acepção.
   
 

     

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...