segunda-feira, 23 de abril de 2018

Fonte Viva

   Livro de Emmanuel, psicografado pelo médium Francisco Cândido Xavier, contém 180
reflexões encimadas por excertos do evangélicos, e dos atos e epístolas dos apóstolos de Jesus de Nazaré. 

   De seus textos emergem conceitos e revisões de conceitos, sempre possibilitando trazer à prática e à solução de problemas da existência.
  Necessário, contudo ao leitor, meditar e rever conceitos, alinhando-se à possibilidade de praticar tal revisionismo. Sempre encontrará, nos textos de Fonte Viva, a dúlcida elucidação.
   Emmanuel dirige-se, diretamente às nossas posições de acomodação, oportunizando que nos descolemos das situações íntimas de menor esforço.
   Se o leitor tomar atitude de perceber, nos textos emanuelinos, apenas um desfilar razoável de conceituações e interpretações evangélicas, não terá colhido a essência do que eles proporcionam.
   Tomemos como exemplo, o texto nº 1, Ante a Lição:
Ante a exposição da verdade, não te esquives à meditação sobre as  luzes que recebes.
  
   Se enfrentamos sua leitura, indispostos devido a alguma dificuldade pessoal na vivenciação existencial, ou aborrecidos por algum recente insucesso na vida de relação, precisaremos, de antemão, exercitar imediata recordação de que nossos problemas pessoais derivam de nossas atitudes impensadas ou ainda infantis. Se essa aceitação não brota já na primeira frase de Emmanuel, não mergulharemos na essência conceitual que vem logo a seguir, e não acessaremos às soluções práticas sempre oferecidas pelo autor.
   Não reproduziremos aqui todo o raciocínio desenvolvido por Emmanuel na referida lição nº 1, mas abordaremos mais dois aspectos nela contidos:

Inúmeros seguidores do Evangelho se queixam da incapacidade de retenção dos ensinos da Boa Nova, afirmando-se ineptos à frente das novas revelações, e isto porque não dispensam maior trato à lição ouvida, demorando-se longo tempo na província da distração e da leviandade.

   Aí está Emmanuel tocando, justamente, na dificuldade de muitos de nós em retermos a essência do Evangelho. E adita a expressão ‘novas revelações’. O Espiritismo é ciência da alma, e sabe Emmanuel que, sempre haverá novidades no campo do saber ético. Afirma com convicção que tal dificuldade ocorre porque nos demoramos distraídos e agindo levianamente. Novamente, se reagirmos à leitura com indignação, não aproveitaremos o aprendizado que está sendo proposto.
   Mas, convenhamos, quando estamos passando por alguma dificuldade vivencial, é extremamente comum que nos encontremos algo dessensibilizados para o aprendizado de renovação que as situações conflitivas nos ensejam.
   No entanto, pode-se afirmar que a atitude de humildade - se a fizermos renascer dentro de nós durante sua leitura -, nos garantirá o aprendizado libertador.

   Vamos pinçar um terceiro trecho do texto nº 1 do livro Fonte Viva:

Estejamos, pois, convencidos de que, prestando atenção aos apontamentos do Código da Vida Eterna, o Senhor, em retribuição à nossa boa-vontade, dar-nos-á entendimento em tudo.

   Vê, caro leitor, que nos garante Emmanuel podermos entender o que se passa conosco em momento de aflição ou inquietude, e o modo de mudarmos o mundo mental para melhor: teremos o ‘entendimento de tudo’.
   Se não tivermos acessado a compreensão entrevista pelo autor, sempre será interessante lermos novamente o texto todo, com olhos da alma. E veremos.

   

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...